Friday, April 24, 2009

Quando em Roma, faça como os Romanos. Quando na Irlanda....


Quarta-feira foi a despedida da advogada que deixará o escritório em maio para fazer o Caminho de Santiago de Compostela. Eu não estava muito disposta a ir, mas fiz uma força pois não quis causar nenhum desconforto no trabalho.


Fui a primeira a chegar no restaurante, com 1 minuto de antecedência, 7h59. O advogado que ficará no lugar dela, chegou em seguida e me contou um pouco sobre sua passagem pelo Brasil no ano passado, quando foi conhecer a América do Sul.


Logo depois o nosso chefe chegou. Minutos depois chegaram os demais.Durante o jantar os três da ponta da esquerda conversavam entre si, enquanto nós, mais jovens, na ponta direita, conversávamos sobre a peregrinação.


Mesmo todos tendo tomado bastante vinho, com exceção do advogado novo, que bebeu apenas cerveja, eles decidiram ir para um pub. Escolheram o que dizem servir a melhor Guinness em Galway, o pub Murphy's.


Eu tinha dito ao Pete que iria ao pub para beber apenas um pint, para não ser considerada anti-social, mas antes de eu terminar os meus primeiros 568ml de Guinness, o jovem advogado já foi comprando mais cerveja para todos, então, não pude partir. A mais sóbria era eu que escolheu o prato mais substancial para preparar o estômago. A pizza que pedi deveria ter 25 cm de ponta a ponta. 


Depois de quase 2 pints e muitos risos senti vontade de ir embora, mas eles decidiram ir para outro pub, pois o que estávamos estava parando de servir. Então, lá fui eu para o segundo pub na mesma noite, um feito para mim. Fomos para o pub onde gosto de almoçar, às vezes, o The Front Door. Lá não bebi nada. 


Continuei participando das conversas, vendo o meu chefe cada vez com mais dificuldade em manter o equilíbrio e acabei tendo aulas de Irlandês no pub mesmo. Achei muito difícil pronunciar aquelas palavras. Contudo, na despedida disse um belo Tóg go bog é! (pronuncia-se Togobogui), que significa Take it Easy.  


Ao invés de andarmos 200 metros até o carro do marido da minha colega, ela resolveu que iríamos de bicicleta ou rickshaw. Ela perguntou ao rapaz quanto ele cobraria para nos levar. Ele disse 2 Euros cada. Ela disse Vou pagar 2 Euros pelas duas, ok. Ele concordou. Sentamos na bicicleta e ela me perguntou o que nós cantaríamos. Eu rapidamente disse Wild Rover e ela começou a cantar alto com paradas para dizer Levante seu pint! Eu segui cantando muito incrédula que era eu mesma que estava ali cantando no meio da rua.


Quando chegamos perto do carro ela pagou 5 Euros para recompensar o esforço do rapaz. Quando entrei no carro fui surpreendida pelo Chip, o cão dela, que estava no porta malas (com grade). Chegando aqui ela o deixou descer do carro para eu vê-lo de perto, pois sabe que eu gosto de cães. Ele entrou aqui dentro de casa e ficou à vontade até ela seguir para casa.


Quando eles foram embora, 1h30, o Pete disse: Nossa, você disse que voltaria às 22h30! Então eu disse: Quando em Roma, faça como os romanos, quando na Irlanda, faça como os irlandeses! Ele riu e gostou de saber sobre a minha noite com os colegas de trabalho.

No comments:

Post a Comment

Obrigada pelo seu comentário. Thank you for your comment.