Monday, May 19, 2008

O verão me pregou uma peça

O verão tem outro problema além de fazer calor, ele é traiçoeiro, pois te faz acreditar que você pode sair às ruas com menos roupa. Foi o que fiz no sábado à noite, quando fomos ao cinema. Talvez se tivessemos ido à tarde eu não teria tido problemas, mas o filme começava às 9h20 então voltamos para casa às 11h30.

Eu vestia apenas uma camiseta de manga comprida, um cardigã desabotoado e um cachecol com os pontos largos. Isso mesmo, fiquei doente mesmo usando um cachecol. O curioso é que eu era uma das pessoas usando mais roupas nas ruas.

Acredito que a tensão em tentar conseguir uma vaga no curso da FÁS contribuiu, pois quando me preocupo muito acabo ficando doente. O que mais tenho feito desde sábado é dormir.

Na segunda recebi uma carta da FÁS dizendo que não consegui uma vaga no curso. Eles não explicaram o porquê.

Consegui trabalhar ontem. Auxiliei uma moça que acredita que vai perder outro bebê. O primeiro aborto foi em fevereiro, mas felizmente ela tem um filho de 7 anos.

Na quinta volto a assistir as assistentes sociais no caso de tentativa de repatriação do brasileiro que caiu de um prédio de 3 andares. Da última vez que estive com elas liguei para o Hospital Sarah para perguntar sobre os requisitos para acomodarem pacientes no hospital. Felizmente consegui falar com a pessoa responsável e obter as informações. As assistentes sociais ficaram de enviar as informações médicas do paciente para o hospital em Brasília para então descobrirem se ele preenche os requisitos ou não.

No comments:

Post a Comment

Obrigada pelo seu comentário. Thank you for your comment.