Wednesday, October 17, 2012

Você é uma mãe progressista?


A socióloga australiana Charley-Ann Scott, também conhecida como The Sheperdess fala sobre a criação de filhos de uma forma progressista em seu site e no livro ¨The Sheperdess - A guide to mothering without control¨, que estou lendo e adorando. Eis os 13 princípios: 

1. Mães progressistas atendem as necessidades de constante contato físico dos filhos desde o nascimento (amamentando, segurando no colo, abraçando, etc.). Elas não se preocupam em ¨estragar¨ os seus filhos ou se as atitudes deles estão de acordo com a idade deles porque cada criança é única.

2. Mães progressistas fazem todo o esforço possível para atender as necessidades singulares de cada filho e sempre tentam ¨encontrar o sim¨ em qualquer situação.

3. Mães progressistas não usam qualquer forma de disciplina, incluindo técnicas de modificação de comportamento (castigo com tempo predeterminado, elogio, recompensa), castigo físico, disciplina ou consequências.

4. Mães progressistas usam aconselhamento gentil e modelação como ¨ferramentas¨ na educação, ao invés de exercer autoridade sobre os filhos. Elas veem os filhos como alidados ou apoiadores para guiá-las durante os seus primeiros anos de vidas. 

5. Mães progressistas oferecem encorajamento para aprender novas habilidades, mas não julgam a performance dos filhos com críticas ou elogios avaliativos. 

6. Mães progressistas tentam ajudar seus filhos a fazerem o que querem de uma forma segura.

7. Mães progressistas fazem um grande esforço para ouvir o que filhos estão dizendo tanto verbalmente como não-verbalmente. Elas respondem de acordo.

8. Mães progressistas fazem modelação de comportamentos aceitáveis e consideram as necessidades de todos da família quando resolvem conflitos.

9. Mães progressistas veem as ¨vozes¨ dos filhos como iguais às delas próprias.

10. Mães progressistas cuidam de si mesmas e são honestas sobre suas próprias necessidades e sentimentos. Elas não se sacrificam a ponto de tornarem-se ressentidas.

11. Mães progressistas estão constantemente cientes do modo pelo qual se apresentam para seus filhos, tanto com linguagem verbal como não-verbal, e se esforçam conscientemente para sempre serem respeitosas e gentis em suas interações com eles.

12. Mães progressistas guardam pensamentos amorosos e positivos sobre seus filhos no decorrer de suas vidas e sempre presumem que eles tem boas intenções.

13. Mães progressistas lutam para estar cientes de que os sofrimentos sofridos em suas próprias infâncias interferem em suas habilidades de serboas mães e fazem esforços conscientes para evitar passar suas mágoas aos seus filhos.

Os 13 princípios podem ser condensados em uma única regra:

Trate os seus filhos como você gostaria de ser tratado(a) se você estivesse no lugar deles. 

1 comment:

  1. I am a progressive mother, but children do need guidance. If they are given too much control, then there can be serious behavioral consequences later. Be a mother first and a friend second. In my opinion :-)

    ReplyDelete

Obrigada pelo seu comentário. Thank you for your comment.