Tuesday, July 12, 2011

Brasília é oficialmente cara pra dedeu!

Palácio do Planalto

ECA International, uma empresa de consultoria que divulga um ranking com as 50 cidades mais caras para se viver no mundo, listou Brasília em 32o lugar este ano. Minha cidade natal subiu tristes 22 posições em um ano e isso não me causa espanto. Vou explicar.

Quando estive de férias em Brasília em julho de 2010, tive que desembolsar o mesmo valor que gasto na Irlanda para ver um filme no cinema, por exemplo. Foram quase R$50 reais em ingressos para duas pessoas em um shopping.  

Considerando que o salário mínimo [mensal] no Brasil é um pouco superior ao menor benefício social [semanal] pago pelo governo irlandês, o valor do ingresso do cinema em Brasília é caríssimo!

Não é difícil entender porque os menos afortunados brasilienses não tem a mesma cultura que um desafortunado em Galway, por exemplo. Além dos livros também serem os olhos da cara em Brasília, e no resto do país, a [nova] biblioteca pública [projetada por Oscar Niemeyer], serve mais para embelezar os cartões postais da cidade do que qualquer outra coisa [pois não funciona como deveria por ¨falta de recursos¨ enquanto Brasília recebe a maior parcela do orçamento público nacional]. 

Em Galway, ou em qualquer biblioteca pública na Irlanda, você pode alugar um livro gratuitamente e levá-lo para casa. Um livro não, três, inclusive CDs, DVDs e fitas K-7, além de poder fazer cursos de línguas com uso de multimídia e obter certificado.

Voltando a Brasília, fui à uma loja de produtos para casa, a Dular, e gastei cerca de R$20 num copo de acrílico. Eu disse 1 copo só, não o conjunto. Tudo bem que ele imitava um copo de cristal, mas convenhamos! 

E os preços das bolsas na Feira da Torre de TV, então...! Totalmente incondizendentes com o termo 'feira'. Custavam o mesmo que as bolsas nos shoppings quatro anos atrás.

Encher o tanque do carro não custa menos de R$120. Um apartamento de 1 quarto com 43m2 não sai por menos de R$300,000.00 no Plano Piloto. A educação pré-escolar pode sair tão cara quanto a de nível superior (veja o vídeo abaixo - é de 2011).

Isso só podia acarretar nessa 32a colocação das 50 cidades mais caras do mundo mesmo. Não é à toa que muitos se veem forçados a fazer concurso público e descartam os com de salário inferior a R$5,000.00. Para se viver bem em Brasília, digo, com cultura e entretenimento e poder viajar com a família uma vez ao ano, você certamente vai precisar ganhar mais do que isso por mês.

Brasília é irritantemente cara, mas confesso que o que me irrita mais do que os preços são os candagos: as pessoas atraídas à cidade por oportunidade de emprego e melhores salários que falam mal da cidade, mas continuam vivendo lá.


Brasília é a capital com a maior mensalidade escolar do país: creches custam o mesmo que instituições de ensino superior.

2 comments:

  1. Tristeza danada ver isso. Quando estive em São Paulo no ano passado também tomei um susto. Uma pizza por 50 reais. Estacionamento por 20, 25. Dá pena, principalmente porque muita gente não pode nem pagar isso... ;(

    ReplyDelete
  2. Estou chocada com o preço da pizza em SP! Não é à toa que esse estado ficou 5 posições acima de Brasília. Estamos mal. Que Dilma consiga nos tirar desse ranking!

    ReplyDelete

Obrigada pelo seu comentário. Thank you for your comment.